Busca

                
 
 

O presente curso tem como objetivo apresentar as ferramentas restaurativas para o fortalecimento de uma sociedade que busque pelo convívio harmonioso entre os cidadãos; mostrar possibilidades distintas para o cumprimento de normas e leis, que prime para além da cultura punitiva, pela restruturação de condutas, pensamentos e ações socialmente ideais; buscar pela autogestão e pela responsabilização dos sujeitos em relação aos seus atos e formas reparativas para cada um deles; transmitir os conceitos básico da justiça restaurativa: sigilo, voluntariedade, oportunidade, informalidade e neutralidade. Possibilidade de construção de uma cultura de paz através das práticas restaurativas.

O curso será realizado através de aulas on-line pelo ZOOM (o link de acesso será encaminhado para o e-mail informado na inscrição), a metodologia consiste em formação teórica e participativa para que todos possam desenvolver as habilidades praticando.


Ministrante:


Elsie Elen Carvalho

Graduada em Serviço Social (Estácio de Sá), com pós-graduação em mediação de conflitos (UCP), mestranda em Mediação de Conflitos, (FUNIBER), facilitadora de práticas restaurativas, Diretora do Instituto Innovar Tecnologia Social.

Vanessa Siqueira

Graduada em Psicologia (UCP) e Pedagoga (Universo), com pós-graduação em educação especial- deficiência mental (UNIRIO), atendimento educacional especializado (Universidade Estadual de Maringá) e orientação, supervisão e inspeção escolar (Faculdade São Luis), Facilitadora de Práticas Restaurativas, Mediadora, Sócia Innovar Tecnologia Social.

 

Público-alvo:

O curso, de caráter multidisciplinar, se destina a profissionais de todas as áreas de conhecimento, graduados ou graduandos, especialmente aqueles que tenham interesse nesta temática.

Conteúdo programático:

  • Cultura de Paz, Justiça Restaurativa e Práticas Restaurativas: elementos históricos, conceituais, principiológicos e filosóficos.
  • Pressupostos; Elementos estruturais dos Círculos de Construção de Paz;
  • Papel e habilidades do/a facilitador/a.
  • Tipos (mais comuns) de práticas restaurativas; objetivos e espaços de aplicação.
  • A potência da CNV. O Diálogo como base para Escuta Qualificada no Processo de circularidade restaurativa.
  • SINASE: Socioeducação e Justiça Restaurativa.
  • Planejamento e construção de roteiro de Círculos de Paz com vivência
  • Leituras Complementares e Projeto Final


Em caso de dúvidas, entre em contato com a Coordenação de Extensão
através do e-mail extensao@ucp.br ou do whatsapp 24 2244-4026.

Rua Benjamin Constant, 213 
Centro - Petrópolis/RJ
24 2244-4000