Busca

                
 
 
O curso de Psicologia da UCP encerra o ano de 2020 orgulhoso de seus egressos, que se destacaram no meio acadêmico. As ex-alunas Marilene de Oliveira e Francynne dos Santos Andrade tiveram seus artigos publicados em periódicos científicos brasileiros. Já o estudante Jordan Eliakin da Silva Vieira foi aprovado para o Programa de Psicologia Clínica da PUC-SP.

“Como coordenadora do curso de Psicologia gostaria de manifestar a nossa satisfação e orgulho com o desempenho profissional dos nossos egressos. Tais resultados nos dão a certeza de que ofertamos uma formação de excelência, fundamentada na tradição e confiabilidade da UCP e compromissada com as demandas mais atuais da sociedade”, pontua a Profª. Mª. Rosilene Ribeiro. 



Publicado na Revista Psicologia: Ciência e Profissão, do Conselho Federal de Psicologia, a egressa da UCP, Francynne (foto acima) falou sobre O “Menor Infrator” na Mídia: Etnografia da Criminalização da Pobreza no G1. O artigo pesquisou a repercussão no portal de notícias G1 de dois casos cujos protagonistas são jovens envolvidos em atos infracionais, mapeando as reportagens vinculadas a estes de modo a compreender as subjetividades produzidas, promovendo uma reflexão crítica a respeito da produção do “menor infrator” na mídia e seus desdobramentos.



Já a estudante Marilene publicou o artigo As mulheres, os feminismos e as TICs na Revista Katálysis, que é uma publicação do Programa de Pós-Graduação e do curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina. O trabalho investiga quais os modos de apropriação dos dispositivos tecnológicos pelo movimento feminista e suas implicações na vida sociopolítica na contemporaneidade. 

Ex-aluno é aprovado em mestrado na PUC-SP

O curso de Psicologia também comemora ter mais um de seus egressos em destaque. O estudante Jordan Eliakin da Silva Vieira foi aprovado no Programa de Psicologia Clínica da PUC-SP. O mestrado dentro no Núcleo de Estudos Junguianos será na linha de Contextos Histórico e Cultural da Psicologia Clínica.
“Primeiramente é importante agradecer a formação da UCP que me permitiu chegar onde eu estou hoje. Porque foi através de todas as oportunidades que eu tive dentro da UCP que eu fui virando meio uma referência na linha e sendo convidado para falar em outros locais sobre Jung. Para além do título, eu acho que vai ser uma oportunidade muito positiva de poder estar inserido num espaço que constrói saber junguiano. E no fim vai ser uma possibilidade de agregar bastante para o grupo de estudos junguianos que eu coordeno, e que tem essa motivação de "popularizar" e desmistificar Jung dentro das ações que a gente propõe”, comenta Jordan.

Rua Benjamin Constant, 213 
Centro - Petrópolis/RJ
24 2244-4000